logo

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

[justiça] Gilmar expede mais um habeas corpus familiar a empresário acusado de pagar propina a políticos


O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, concedeu um habeas corpus controverso -mais um! Mandou soltar o empresário Jacob Barata Filho, preso no Rio de Janeiro desde 2 de julho. Gilmar é padrinho de casamento da filha de Barata, Beatriz. A moça trocou alianças em 2013 com Francisco Feitosa Filho, que é sobrinho da mulher de Gilmar, Guiomar Feitosa Mendes.

O habeas corpus “familiar” de Gilmar durou pouco, muito pouco, pouquíssimo. Antes que os carcereiros pudessem virar a chave da cela, o juiz Marcelo Bretas, que cuida da Lava Jato no Rio, expediu novo mandado de prisão contra Barata, mantendo-o atrás das grades. Foi como se o magistrado de primeira instância desse de ombros para o despacho de uma toga Suprema.

Barata Filho opera no ramo do transporte urbano. É acusado de pagar propina a políticos e fraudar contratos com o governo fluminense. Gilmar mandou soltar também outro preso encrencado no mesmo esquema: Lélis Teixeira, ex-presidente da Fetranspor Lélis Teixeira, ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro.

Assim como fizera no caso de Batata, o juiz Bretas soltou nova ordem de prisão contra Lélis, impedindo-o de ganhar o meio-fio. Gilmar impusera uma série de medidas cautelatres aos beneficiários de seus habeas corpus. Entre elas o recolhimento domiciliar noturno, nos finais de semana e feriados. O doutor Bretas não quis saber. Preferiu manter a dupla na chave.

Rezam o bom senso e o Código de Processo Civil que um juiz deve se declarar impedido de atuar em determinado processo sempre que há razões objetivas ou subjetivas capazes de comprometer a imparcialidade do julgamento. Entre as causas de suspeição estão, por exemplo, a amizade ou inimizade com uma das partes.

Procurado, Gilmar Mendes disse que não se considerou suspeito para atuar no caso. O casamento “não durou nem seis meses”, mandou dizer o ministro ao Globo, por meio de sua assessoria. Balzac devia estar pensando em casos assim quando disse que “a gente respeita um homem que se respeita a si mesmo."

[cotidiano] Sobe para 14 o número de mortos nos atentados terroristas da Espanha

O número de pessoas mortas nos atentados jihadistas da região espanhola da Catalunha aumentou para 14 depois da morte, nesta sexta-feira (18), de uma mulher ferida ontem à noite no atropelamento de Cambrils, na província de Tarragona.

Segundo informaram à Agência EFE fontes do governo regional da Catalunha, é a primeira morte entre os seis pedestres feridos no atropelamento feito por cinco terroristas nessa cidade catalã. Os terroristas foram mortos posteriormente pela polícia.

As outras 13 vítimas morreram ontem (17) em Barcelona, quando uma van invadiu a região das Las Ramblas, que deixou também 100 feridos.

[política] Lava-Jato prende Vaccarezza, ex-líder do PT na Câmara

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira, a 43ª e a 44ª fases da Lava-Jato no Rio de Janeiro e em São Paulo. O ex-deputado federal Cândido Vaccarezza, ex-PT, é um dos alvos de prisão temporária. É a primeira vez que a PF realiza duas fases da operação ao mesmo tempo. As operações foram batizadas de Sem Fronteiras (no Rio) e Abate (em São Paulo), respectivamente. Vaccarezza é investigado por receber boa parte dos US$ 500 mil oruindos em propina do esquema, segundo o Ministério Público Federal (MPF), “agindo em nome do Partido dos Trabalhadores (PT)”.

Foram expedidas pelo juiz Sérgio Moro, em Curitiba, 46 ordens judiciais, sendo seis mandados de prisão temporária (um em São Paulo e cinco no Rio), 29 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva. Todos os presos devem ser encaminhados para a Superintendência da Polícia Federal na capital paranaense.

De acordo com o advogado de Vaccarezza, Marcellus Ferreira Pinto, o ex-parlamentar segue direto para Curitiba sem passar pela sede da Polícia Federal em São Paulo.

Segundo a PF, a Operação Sem Fronteiras, que ocorre no Rio de Janeiro, mira a relação entre executivos da Petrobras e grupos de armadores estrangeiros para “obtenção de informações privilegiadas e favorecimento obtenção de contratos milionários” com a estatal.

A Operação Abate, por sua vez, ocorre em São Paulo e investiga um grupo criminoso que seria “apadrinhado” por Vaccarezza. A PF suspeita que o ex-parlamentar utilizava influência para obter contratos da Petrobras com uma empresa estrangeira, que teria direcionado recursos para pagamentos indevidos a executivos da estatal e agentes públicos e políticos, além do próprio ex-deputado.

Fonte: O GLOBO

[polícia] Dependurado, preso é encontrado morto dentro de cadeia de Natal

Um detento foi encontrado morto na madrugada desta sexta-feira (18) dependurado pelo pescoço dentro do Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, mais conhecido como Cadeia Pública de Natal, na Zona Norte da cidade.

Ainda não há informações sobre a identidade do detento.

De acordo com agentes penitenciários, apenas a perícia do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), que foi acionado ao local, vai poder dizer se o caso foi um homicídio ou suicídio.

Outras mortes

Com este, chega a 34 o número de detentos mortos em unidades prisionais do Rio Grande do Norte em 2017. O último caso ocorreu em maio na Perniencisária Estadual de Parnamirim. O governo do estado atribui a maioria dessas mortes à guerra entre facções criminosas rivais.

Em janeiro, 26 foram assassinados em Alcaçuz, maior presídio do estado. O episódio, o mais sangrento da história do sistema carcerário potiguar, ficou conhecido como o 'Massacre de Alcaçuz'.

[segurança] Governo federal enviará equipe técnica ao RN para diagnosticar soluções para violência


Uma equipe técnica, composta por delegados e técnicos, da Secretaria Nacional de Segurança (Senasp) viaja até o Rio Grande do Norte na próxima semana para se reunir com representantes da Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). O objetivo é diagnosticar, em conjunto com as autoridades locais, os pontos mais atingidos pela violência que assola o estado, e definir quais as ações devem ser implementadas nos próximos dias para combater os altos índices de criminalidade.

A decisão foi anunciada nesta quinta-feira (17) pelo presidente Michel Temer, durante reunião com a bancada federal potiguar. O encontro foi solicitado no início da semana pelo senador José Agripino (DEM). “Vou ter um olhar especial para o Rio Grande do Norte. Agora, peço a contrapartida do governo do estado para dar sequência às nossas ações dentro de um plano estratégico de emergência interno”, disse o presidente Temer no decorrer da reunião.

Durante o encontro, também ficou decidido que deputados e senadores do RN analisem o remanejamento de algumas das suas emendas parlamentares em prol da segurança estadual. Para Agripino, o Rio Grande do Norte vive um dos piores momentos no que diz respeito à ausência de segurança pública e a união de esforços é fundamental para "a organicidade do aparelho de segurança pública potiguar".

Segundo a secretária estadual de Segurança, Sheila Freitas, que também foi à reunião, o RN vai cobrar da União dispositivos, como coletes, armamento, munição e viaturas cedidos para todas as cidades-sede da Copa do Mundo, como é o caso de Natal. Material que o Governo Federal ainda deve ao estado do Rio Grande do Norte.

“Vivemos essa calamidade em virtude das deficiências que enfrentamos no efetivo da polícia. E não só isso: é deficiência de viaturas, armamentos, coletes balísticos. Nosso pedido de socorro ao governo federal é porque o crime organizado se instalou no RN; migrou dos grandes centros para o Nordeste. O apoio da União é imprescindível neste momento delicado pelo qual passa a segurança do nosso estado”, disse Sheila.

Também participaram da reunião o senador Garibaldi Alves (PMDB) e os deputados Felipe Maia (DEM), que é o coordenador da bancada; Rafael Motta (Pros); Beto Rosado (PP); e Walter Alves (PMDB). Além dos parlamentares, compareceram o secretário Nacional de Segurança, general Carlos Alberto Cruz; o secretário Executivo do Ministério da Justiça, José Levi Melo do Amaral Junior; o ministro Eliseu Padilha e o comandante-geral da Polícia Militar do RN, coronel Osmar José Maciel de Oliveira.

Para o coronel Osmar, o encontrou foi proveitoso. "Mostramos a realidade da segurança publica do RN e tudo o que a Corporação, como uma grande equipe, tem feito para reduzir os índices de criminalidade. Nosso efetivo tem se esforçado, mesmo diante das dificuldades", disse.

[polícia] Após buscar atendimento em UPA, homem é assassinado dentro de táxi na Zona Sul de Natal

Um homem foi morto à tiros dentro de um táxi na noite desta quinta-feira (17), no bairro Lagoa Nova, em Natal. Segundo a família, Ivair Ferreira Batista, de 48 anos, era técnico em eletrônica e dono de um comércio.

Segundo a esposa da vítima, o homem havia sido espancado por um grupo de pessoas suspeito de ter roubado um celular. Ivair ficou gravemente ferido e foi levado pela mulher dele para uma Unidade de Pronto Atendimento, mas a vítima não foi atendida por falta de documentos.

Ivair e a esposa voltaram para casa de táxi para pegar os documentos, mas foram abordados na porta da residência por homens armados, que mataram a vítima à tiros. O homem ainda foi levado de volta para a UPA, mas já chegou morto. O crime será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

[segurança] Potiguar relata tensão após atentado terrorista em Barcelona

A potiguar Cintia Peixoto Rodrigues, que mora há 10 anos em Barcelona, na Espanha, relata que as pessoas ficaram assustadas logo que se espalhou a notícia de um atropelamento na Rambla, uma das principais avenidas da cidade, nesta quinta-feira (17). Segundo a imprensa local, há mortos e vários feridos.

Uma van invadiu a via e atropelou dezenas de pessoas no que seria um atentado terrorista.

"Eu acabei de chegar em casa. A situação está tensa por aqui. A polícia manda a gente não sair de casa e a gente ouve muitos helicópteros passando na região", disse ela ao G1. A potiguar mora há 20 minutos de distância do local do atentado. Outros brasileiros que estão em Barcelona também relataram o que viram.

Cintia soube do caso quando saía do trabalho, próximo ao aeroporto, 40 minutos distante do centro da cidade. Ela recebeu uma notificação no celular e procurou notícias dos amigos. A melhor amiga dela trabalha na Rambla.

"É a avenida mais movimentada da cidade e eu já evito passar lá, por causa da aglomeração de pessoas. Eu já tinha medo que acontecesse alguma coisa assim", afirmou.

De acordo com ela, parte do transporte público foi paralisado na região, mas ela conseguiu chegar em casa usando a linha de metrô que passa pelo centro da cidade, próximo à avenida. Duas linhas foram paralisadas, de acordo com ela.

"Estão todos assustados. O governo só disse que tem um morto até agora, mas os jornais falam de muito mais", conta ela.

[segurança] Atentado terrorista em Barcelona


A Polícia regional da Catalunha confirmou que o atropelamento desta quinta-feira (17) na cidade de Barcelona é um atentado terrorista, com pelo menos dois mortos e 20 feridos. As informações são da agência de notícias EFE.

A Polícia procura duas pessoas como supostos autores do que já está sendo considerado um ataque terrorista e acredita-se que um deles se refugiou em um bar com uma arma, enquanto o outro conseguiu fugir, segundo as primeiras hipóteses das forças de segurança.

Além disso, um segundo veículo poderia estar envolvido na ocorrência.

Aparentemente, a van usada no atropelamento saiu da estação de metrô de Las Ramblas, circulou pela pista central desta avenida e bateu contra vários veículos no percurso, parando praticamente na entrada do Liceu (ópera de Barcelona).

As forças de segurança isolaram a região, enquanto as equipes de emergência realizam operação de assistência às vítimas.

[política] Radialista afirma que prefeito de Apodi cometeu Improbidade Administrativa


O radialista apodiense, Wilson Oliveira, tem fiscalizado de perto os passo administrativos do atual prefeito Alan Silveira. Em sua página do facebook ele afirma que já presenciou 10 erros na atual gestão e os classifica como 'erros da prefeitura de luxo'. O fato está relacionado aos números tributários arrecadados nos 7 primeiros meses de gestão que só de royalties ultrapassam cinco milhões de reais.

Confira na íntegra os erros apontados pelo radialista:

"10 primeiros ERROS da PREFEITURA DE LUXO em Apodi.

I - CARNAVAL NAS PRESSAS, erros nas contratações das bandas.
II - PERFURAR POÇO EM BAIRRO (bacurau 1) obrigação da CAERN poços na área urbana
III - CONTRATAR MAIS COMISSIONADOS QUE OS OUTROS PREFEITOS
IV - ALUGAR MAIS TRANSPORTES QUE TODOS OS ULTIMOS PREFEITOS
V - NÃO COMPRAR O FARDAMENTO ESCOLAR para as crianças
VI - DEIXAR FALTAR MEDICAMENTO NO CAPS
VII – PERSIGUIÇÃO POLÍTICA (Permitir a demissão de Efraim e Ceição da maternidade)
VIII – PRATICAR IMPROBIDADE ADMISNITRATIVA CONSTANTE
(TIRAR DINHEIRO DO CONTRA XEQUE DE FUNCIONÁRIOS)
IX – Não INVESTIR NA EDUCAÇÃO (TRANSPORTE UNIVERSITÁRIO PAGANDO, APESAR DOS ROYATIES MILIONÁRIOS, PREFEITO ANTERIOR MESMO RUIM, DEU 02 ANOS TOTALMENTE GRATUITOS, esse só investe em aluguéis).
X - TRAZER O PAI e o PRIMO PRA DENTRO DA PREFEITURA"

[política] Revista Veja diz que STF deverá abrir inquérito para investigar Robinson e Fábio Faria por causa de delação da JBS


Alvo de uma operação por desvios na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria (PSD) tem uma outra dor de cabeça — talvez maior — com a Polícia Federal. O Supremo Tribunal Federal (STF) deverá atender em breve o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para abrir inquérito contra o governador e seu filho, o deputado federal Fabio Faria (PSD). Os dois foram implicados na delação premiada do ex-executivo da JBS Ricardo Saud, segundo quem foram repassados 10 milhões de reais em troca do contrato de privatização da Companhia de Água e Esgoto do estado. As delações da JBS estão nas mãos do ministro Edson Fachion, mas a tendência é que o caso seja redistribuído por não ter ligação umbilical com a Lava Jato.

Os Faria já são investigados em inquéritos instaurados após as delações dos executivos da Odebrecht, que apontaram repasse de 350 000 mil para Robinson, e 100 000 para Fabio. A empresa estava interessada em obras de saneamento.

Em tempo, à Justiça Eleitoral, Robinson Faria declarou ter recebido 8,5 milhões de reais do grupo JBS, mais da metade de tudo o que custou sua campanha.

[política] Fábio Assunção e outros artistas são os novos filiados ao PT


O ator Fábio Assunção, da TV Globo, filiou-se ao Partido dos Trabalhadores (PT) no último sábado. A adesão de Assunção ao diretório petista do Rio de Janeiro foi divulgada em uma nota no próprio site do partido, que afirma que “o mais novo filiado, inclusive, é um nome conhecido do público: o ator Fábio Assunção”.

Além de Assunção, que atualmente integra o elenco da minissérie A Fórmula, outros dois artistas que já atuaram em novelas da Globo também se filiaram ao PT no fim de semana: a atriz Tássia Camargo (Tieta, entre outras) e o ator Nando Cunha (Salve Jorge, entre outras). Assim como Fábio Assunção, os dois também oficializaram o ingresso no partido no sábado, em um evento da Central Única dos Trabalhadores (CUT) na quadra da escola de samba Império Serrano, em Madureira, do qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou.

O partido compartilhou ontem em suas redes sociais uma imagem com fotos dos atores e da professora e escritora Elika Takimoto, também recém-filiada.

[segurança] Bandidos fazem arrastão em ônibus escolar na Grande Natal

Dois homens armados fizeram um arrastão em um ônibus escolar que transportava alunos do ensino médio na zona rural de São José de Mipibu, na Grande Natal, na noite desta quarta-feira (16). Segundo a Polícia Militar, dois homens armados pararam o veículo e levaram todos os pertences dos estudantes e do motorista.

Conforme a PM, o motorista disse que foi abordado pelos homens quando estava deixando um dos alunos em uma parada, por volta das 22h40, perto da comunidade Cidade de Deus. Havia cerca de 20 jovens no veículo no momento em que ocorreu o crime. As vítimas estudam em colégios do centro da cidade e moram na área rural.

Os estudantes contaram que foram obrigados a entregar os celulares e outros pertences. Muitos adolescentes relataram ter sido ameaçados com o revólver. Depois de roubar os aparelhos, os criminosos fugiram.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

[política] STJ poderá afastar Robinson Faria do cargo de governador

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderá afastar o Governador Robinson Faria (PSD) do cargo, a partir da operação em curso iniciada ontem (15), que lhe tem como alvo principal.

A Polícia Federal pediu ao STJ para tomar medidas mais incisivas contra o governador, como uma condução coercitiva, mas o MPF sugeriu apenas mandados de busca e apreensão no momento, o que foi acatado pelo Ministro Raul Araújo.

Pelas provas já em poder da Polícia Federal e as informações robustas repassadas na delação de Rita das Mercês, Anteros está apenas começando, basta acompanhar o despacho do Ministro.

[política] PF tem gravação de assessor de Robinson entregando dinheiro a filho de Ritinha em troca de silêncio

Na decisão do Ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), consta uma gravação em poder da Polícia Federal, onde Adelson Reis, o “Zé Bonitinho”, que foi preso na manhã desta terça-feira (15), aparece entregando dinheiro a Gustavo Villaroel, filho da ex-procuradora-geral da Assembleia, Rita das Mercês, em troca do silêncio, segundo o próprio Gustavo em acordo de delação premiado.

O dinheiro seria para pagar ao advogado de defesa de Rita das Mercês, que também já fez delação premiada ao MPF.

Outro filho de Ritinha, Gutson Reinaldo, também já fez delação premiada e a partir da peça que subiu ao STF, por envolver um deputado federal, o Ministro Fachin encaminhou ao STJ a parte que envolve o Governador Robinson Faria, o que culminou na Operação de hoje, após junção com os dados da delação da ex-procuradora.

Na decisão do Ministro, consta ainda que, supostamente, Robinson vinha fazendo o pagamento dos advogados de defesa das pessoas investigadas na Operação Dama de Espadas.

[política] Rita das Mercês afirma que Robinson recebia R$ 100 mil por mês de desvios da Assembleia Legislativa

No acordo de delação premiada assinado com o Ministério Público Federal, a Procuradora Aposentada da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, afirmou que mensalmente o Governador Robinson Faria (PSD) recebia R$ 100 mil, fruto de desvios, no período em que presidiu a Assembleia Legislativa.

Com o o objetivo de manter Rita em silêncio, desde outubro de 2015, o Governador fazia um repasse mensal de R$ 5 mil, segundo delatou Gustavo Navarro, filho de Rita, que também fez delação premiada.

Segundo Gustavo, o repasse do dinheiro ocorria em shoppings da cidade ou até mesmo no estacionamento da Governadoria.

A Polícia Federal está em mãos de uma gravação de Gustavo recebendo o dinheiro das mãos de Adelson Reis, assessor do Governador que está preso desde a manhã desta terça-feira (14).

As informações constam no processo em segredo de justiça que tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob relatoria do Ministro Raul Araújo.

[política] Procuradores da Lava-Jato dizem que reforma política beneficia investigados

Os procuradores Deltan Dallagnol e Carlos Fernando dos Santos Lima, que fazem parte da força-tarefa da Operação Lava-Jato em Curitiba, publicaram um vídeo em suas redes sociais na noite desta terça-feira em que criticam a proposta de reforma política que está em discussão no Congresso. Para Deltan, a proposta beneficia políticos investigados, que querem se reeleger para não perder o foro privilegiado. Já Carlos Fernando diz que o dinheiro do fundo partidário vai para “o saco sem fundo” dos partidos políticos.

Os dois procuradores chamam a proposta de “falsa reforma” política, criticam a criação do “distritão” para a eleição de deputados e a ampliação do fundo partidário para R$ 3,6 bilhões e afirmam que as mudanças estão sendo elaboradas por “velhos caciques”, que pretendem se “agarrar no poder”. Segundo Deltan, muitos desses políticos são corruptos:

— Por que (os políticos) querem se agarrar aos seus cargos? Vejam que um terço dos parlamentares são objeto de investigação no Supremo Tribunal Federal. Para muitos deles, perder o mandato significa perder o foro privilegiado e, com isso, ter um grande risco de ir para a cadeia — disse Deltan.

Na visão de Deltan, políticos mais tradicionais, que têm influência sobre prefeitos e representantes de cidades pequenas, terão suas chances de se eleger aumentadas se a reforma política for aprovada.

Carlos Fernando também chamou a atenção para a forma como o dinheiro do fundo partidário será administrado:

— Eles pretendem tirar dinheiro do seu bolso, R$ 3,6 bilhões, para colocar no saco sem fundo dos partidos políticos. Eles não pretendem campanhas mais baratas, eles querem o distritão, onde velhos caciques vão se reelegendo eternamente.

Fonte: O GLOBO

[justiça] Tribunal de Contas suspende homologação de concurso para oficial do Corpo de Bombeiros

O Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) suspendeu a homologação do concurso para oficial do Corpo de Bombeiros do RN. A suspensão tem caráter cautelar e irá se estender até o julgamento do mérito do processo.

Segundo o voto do conselheiro Carlos Thompson Costa Fernandes, aprovado na sessão do Pleno da última quinta-feira (15), o corpo técnico apontou ausência de documentação obrigatória na instrução do concurso público, como por exemplo a estimativa do impacto orçamentário-financeiro, item obrigatório segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal, o que impediu a demonstração da regularidade do planejamento fiscal do gestor para a realização do certame.

“Diante do controle prévio de legalidade em curso e das razões retro, cautelarmente, entendo que deve ser suspensa a homologação do resultado final do certame até o julgamento definitivo deste feito, com vistas a evitar a geração de direito subjetivo à nomeação dos aprovados, caso venha a ser reputada a irregularidade do concurso público”, afirmou o conselheiro.

terça-feira, 15 de agosto de 2017

[política] 'Estradas ruins é resultado de cidade sem prefeito' diz repórter cidadão





O repórter cidadão Wilson Oliveira, esteve rondando as estradas da zona rural do município de Apodi e testificou o grande número de buracos nas vias que cortam as comunidades. Em suas redes sociais ele testificou o caso.

'Na região da areia em Apodi que é famosa pela produção de suco de caju e mel nos dias de hoje sofre pelo desprezo dos políticos que não fazem as estradas para os agricultores ter como escoar suas produções, as estradas estão cheias de trepidação, buracos e atoleiros, cidade sem prefeito é assim', disse Wilson.

Em outra postagem ele relata, 'Soubemos que os fiscais do PAC (PROGRAMA DE ACELERAÇÃO DO CRESCIMENTO) estão na região oeste, eles vieram conferir se as máquinas doadas pelo governo federal as prefeituras estavam restaurando as estradas. Ora, o prefeito tem todo o maquinário, só coloca o óleo e ainda não faz, imagine no tempo que a prefeitura só tinha 01(uma) caçamba e 01 trator CBT e naquela época dava pra restaurar'.

'Realmente é o que se ver nas quatros regiões da zona rural de Apodi, são estradas ruins e cheias de buracos, é uma maquiagem, faz um pedacinho aqui e outro lá em acolá e nada presta, colocaram até pedras de granito em alguns lugares, sujeito agente até se lascar de uma queda, pensei até que no dia dos pais ia melhorar, mas deve ter melhorado pra algum pai por aí...', diz ele em outro trecho enquanto se deslocava pela região do Vale.


Para comparar com municípios vizinhos, Wilson Oliveira foi até Severiano Melo e testificou as condições das estradas da zona rural do município.


[publicidade] Conheça a Mix Doçuras; Tudo em bolo e doces para festas

Se você vai fazer aniversário ou pretende se casar e ainda não sabe onde encomendar o seu bolo ou doce para festas, conheça a MIX DOÇURAS. Aqui você tem produtos de qualidade com preços sem igual.

Na MIX DOÇURAS você diz o modelo que quer e ela faz pra você. Entre já em contato com a MIX DOÇURAS e faça sua encomenda. Ela trabalha com todos os tipos de doces e bolo personalizado.

Telefones: (84) 9.9431-4387 ou 9.8111-6225

Confira alguns dos nossos trabalhos:





[segurança] Escola é invadida por bandidos em Mossoró, funcionários e estudantes foram roubados

Uma escola foi alvo de um arrastão na tarde desta terça-feira (11) em Mossoró, na Zona Oeste do Rio Grande do Norte. Os criminosos levaram pertences de funcionários e estudantes, e fugiram em uma motocicleta.

De acordo com a polícia, dois homens participaram da ação. Eles chegaram à Escola Estadual José Martins de Vasconcelos na motocicleta, invadiram o prédio e anunciaram o assalto. A dupla recolheu celulares e outros objetos das vítimas e em seguida fugiram. A escola foi fechada e os alunos dispensados depois do ocorrido.

[segurança] Após motim, mais de 100 presos são transferidos de Parnamirim para complexo de Alcaçuz

Mais de 100 presos foram retirados da Penitenciária Estadual de Parnamirim e levados durante a madrugada desta terça-feira (15) para o pavilhão 5 do Complexo Penitenciário de Alcaçuz, como é mais conhecido o Presídio Rogério Coutinho Madruga. As duas penitenciárias ficam na região metropolitana de Natal.

A transferência aconteceu após os detentos da PEP se amotinarem em um dos pátios da unidade. A confusão aconteceu no momento em que agentes penitenciários tentavam fazer o isolamento de um interno considerado chefe de uma facção criminosa.

Após a saída dos detentos, agentes relataram que os presos que permaneceram na PEP, cerca de uns 400, foram trancafiados. Uma das alas da penitenciária passou recentemente por reformas e as grades, que foram todas arrancadas durante as rebeliões que ocorreram ainda em março de 2015, foram recolocadas nas paredes das celas. A outra ala, agora vazia, deve começar a ser recuperada já nos próximos dias.

[publicidade] Vidraçaria Apodi lança promoção Mês dos Boxes


A empresa que mais cresce em Apodi no ramo de vidros está com uma grande promoção para este mês, é o Mês dos Boxes.

Neste mês a empresa está oferecendo até 15% na compra de um boxe à vista, independente do modelo.

Há 11 anos no mercado a Vidraçaria Apodi tem gerado emprego e movimentado a economia do município. Com uma vasta experiência, os proprietários, Chiquinho e Ronália vem desenvolvendo modelos que deixam imóveis mais atrativos.

Além de vidros a empresa também trabalha com portões de alumínio, varandas, portas e janelas em vidro, expositores para lojas e muito mais, aproveite e vá conferir.

A Vidraçaria Apodi fica localizada a Rua Luiz Antônio Torres, 306, próximo ao Fórum.

Sede da empresa

Modelos

Modelos

Residência em Caraúbas

Edifício onde funciona o Cartório de Apodi

Edifício onde funciona a Secretaria de Saúde de Apodi

[política] Rita das Mercês delatou Executivo, Legislativo e Judiciário do RN ao MPF


A ação da Polícia Federal nesta terça-feira em Natal contra o governador Robinson Faria é a primeira diligência resultado da delação premiada que a ex-procuradora da Assembleia Legislativa, Rita das Mercês, negociou com o Ministério Público Federal.

A ex-procuradora foi alvo em 2015 da Operação Dama de Espadas, coordenada pelo Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte.

A colaboração de Rita, no entanto, passou longe da Procuradoria Geral de Justiça. Ela preferiu entregar o que sabe ao MPF por temer que houvesse interferência no Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Feita há pouco mais de dois meses, a delação de Rita foi negociada em acordo conduzido pelo procurador da República Rodrigo Teles, a quem Rita narrou crimes na administração dos três poderes do Rio Grande do Norte e deixou claro que não é ela a dama de espadas.

Ao entregar o Executivo, Judiciário e Legislativo, a ex-procuradora da Assembleia Legislativa sabia que inevitavelmente o foro seriam os tribunais superiores, já que perante o STJ respondem o governadores e desembargadores.

A reportagem confirmou que pelo menos um membro do Tribunal de Justiça foi delatado ao Ministério Público Federal.

Com a negociação direta com o MPF, as instâncias locais ficarão agora obrigadas a seguir todos os procedimentos que vão derivar do Superior Tribunal de Justiça.

Tais procedimentos deverão incluir novas frentes de investigações, já que Rita entregou esquemas de desvios de recursos públicos celebrados em fraudes em contratos, o que incluirá no escândalo agentes do setor produtivo.

Até a publicação desta reportagem, o governador Robinson Faria ainda não havia se manifestado a respeito da ação desta terça.

Fonte: Portal no Ar

[política] Governador Robinson Faria é acusado de integrar organização criminosa e obstruir a Justiça


A Polícia Federal deflagrou nesta terça (15) a operação Anteros, que tem entre os alvos o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD).

Segundo nota da PF, ele teria atuado para obstruir a justiça. Faria é alvo de busca e apreensão.

Cerca de 70 policiais estão cumprindo 11 mandados, sendo dois de prisão e nove de busca e apreensão. Todos foram expedidos pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça).

"O ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ, determinou que fosse iniciada investigação preliminar para apurar os crimes de organização criminosa e obstrução da Justiça que estariam sendo praticados pelo governador do Estado com ajuda de servidores estaduais", diz a nota da PF.

Os investigadores afirma que as manobras ilegais tinham o objetivo encobrir a apuração de atos do Executivo do Rio Grande do Norte relativos ao desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado entre os anos de 2006 até os dias atuais.

Segundo a Folha apurou, a operação é decorrente da delação premiada de um político que atuou na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

A reportagem ainda não localizou a defesa do governador.

[segurança] Corte de verba emperra projeto de monitoramento nas fronteiras


O contingenciamento de 48% dos recursos de investimento do Ministério da Defesa via Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) leva as Forças Armadas a estudar medidas drásticas para se adequar à falta de dinheiro. As saídas em análise passam por antecipar a baixa de recrutas, diminuir o horário do expediente e revisar contratos. Antes de bater o martelo sobre decisões mais radicais, a Defesa já descartou ações que estavam previstas para este ano, como a expansão do Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras (Sisfron) do Mato Grosso do Sul, onde funciona como projeto-piloto. Não há recursos para adquirir os equipamentos necessários para colocar a estrutura em funcionamento no Mato Grosso e na região Sul.

A Operação Pipa, de distribuição de água por meio de carros-pipa a comunidades em situação de seca no Nordeste, também está ameaçada pela falta de recursos. Parte da entrega é feita pelo Exército, que utiliza recursos próprios na mobilização de pessoal, embora o programa também receba recursos do Ministério da Integração Nacional. A compra de guaranis, um carro blindado produzido pela indústria nacional, também entrou na mira das tesouradas. De uma previsão inicial de cerca de 2,2 mil veículos que seriam comprados nos próximos anos, o Exército já havia reduzido para pouco mais de 1,5 mil e agora pode diminuir ainda mais o pedido.

[política] Governador do RN nomeia novo comandante para a PM


O governador Robinson Faria nomeou o coronel José Osmar Maciel de Oliveira como novo comandante da Polícia Militar do Rio Grande do Norte. A portaria foi publicada no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (15). Osmar Maciel irá substituir o coronel André Azevedo que pediu exoneração do cargo.

O comandante que foi promovido ingressou na Polícia Militar em 1991. Assumiu o posto de aspirante a oficial da corporação em 1994, chegando a Coronel em 2016. "recebi com muita honra o convite do governador. Reconheço as dificuldades pelas quais passa a segurança pública no Rio Grande do Norte e o seu contexto nacional. Somos conscientes do grande desafio, mas com um trabalho em equipe e integrado, vamos enfrentar a criminalidade", declarou o comandante.

O coronel Osmar Maciel substitui o coronel André Azevedo, que vinha respondendo pela função desde dezembro de 2016.

[política] Governador do RN é alvo de operação da Polícia Federal


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), é alvo de uma operação da Polícia Federal deflagrada nesta terça-feira (15) que investiga a suspeita de prática dos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça por parte dele e de servidores do governo potiguar.

Segundo a PF, a investigação mira "manobras ilegais" para impedir investigações sobre desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Estado desde 2006.

A operação, batizada de Anteros, visa a cumprir 11 mandados judiciais, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça, dos quais 2 de prisão e 9 de busca e apreensão. A PF não informou quais são os alvos de cada um. Agentes foram ao edifício onde mora o governador logo no início da manhã.

A determinação para o início das investigações é do ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ. O caso está sob sigilo, segundo a PF.